Diretor-presidente afastado afirma que não há prejuízo em fundos do IPREM


IPREM está sob intervenção desde 24 de abril

O diretor-presidente afastado do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Pouso Alegre (IPREM), Eduardo Felipe Machado, nega irregularidades nas aplicações financeiras do órgão e sustenta que fundos apontados como 'podres' por relatório produzido pela intervenção da Prefeitura no órgão são rentáveis. O levantamento, enviado esta semana à Câmara Municipal aponta perdas estimadas de cerca de R$ 100 milhões em aplicações de risco feitas pelo instituto.

Segundo ele, os fundos têm a aprovação da Comissão de Valores Monetários, a CVM. "Tem 150% de garantia são auditados anualmente e a carteira de aplicações do IPREM é conservadora, ou seja, de baixo risco", defende.

Sobre a iliquidez apontada pelo relatório da intervenção, ele afirma que o plano atuarial do IPREM é feito até o ano de 2056. "O período de carência desses fundos estão registrados no Ministério da Fazenda, Secretaria de Previdência e seguem legislação federal", garante.

Machado defende a política de investimento do órgão previdenciário e assegura que a lucratividade dos investimentos superam o exigido por lei. "Previdência se faz com aplicação de médio e longo prazo para se ter uma lucratividade que atenda à meta atuarial exigida pela legislação, que é de IPCA mais 6% ao ano. Em 2017, o IPREM bateu essa meta em quase 2%, ou seja, tivemos quase 8% de lucro nas aplicações nos fundos", aponta.

O diretor-presidente afastado também questiona o prejuízo indicado pelo relatório da intervenção. Segundo ele, o suposto prejuízo não passaria de uma previsão. "Eles têm bola de cristal para estar prevendo esse prejuízo? Por que esses fundos continuam funcionando bem e dando lucro para o Iprem? Por que o Banco Central e a CVM ainda permitem que eles estejam ativos se o interventor diz que são podres?", questiona.

Confira a íntegra da nota enviada por Eduardo Felipe Machado à redação do JE:

#Política

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com