Onda de violência: Pouso Alegre registra três assaltos com reféns em cinco dias


Uma onda de assaltos violentos dominaram a semana em Pouso Alegre. Em cinco dias, três ações criminosas com reféns assombraram a cidade. Grupos armados agiram em uma residência do bairro Fátima I, onde um casal foi feito refém; em uma madeireira no bairro São João, cuja ação rendeu funcionários e o proprietário, que chegou a ser agredido; e em uma joalheria, onde os criminosos dominaram uma atendente e o dono do estabelecimento.

Até o momento, quatro pessoas foram presas. As autoridades não apontaram relação entre os assaltos, embora os quatro presos até o momento sejam suspeitos de ações praticadas em outras cidades da região.

Assalto no Fátima

A série de assaltos violentos foi aberta no domingo (04), no bairro Fátima I. Os bandidos aproveitaram o momento em que uma dona de casa de 54 anos entrava com o carro na garagem para invadir a residência. Ela acabara de estacionar e, enquanto o portão eletrônico começava a baixar, os bandidos ainda tiveram tempo de entrar e emparelhar seu veículo com o dela.

Nesse momento, dois homens encapuzados descem e anunciam o assalto. Depois de render a mulher, os assaltantes a levaram para o interior da casa e renderam também seu esposo. A ação foi rápida. Eles ficaram apenas cinco minutos dentro do imóvel. Na ação, foram roubados R$ 94 mil em dinheiro, aparelhos celulares e joias do casal.

Invasão na madeireira

Já na tarde de quarta-feira (07), quatro homens armados invadiram uma madeireira no São João. Depois de entrar no estabelecimento, os assaltantes renderam os funcionários e agrediram o proprietário. Eles reviraram o escritório em busca de dinheiro. Foram levados celulares, dinheiro em espécie e um cofre onde estavam os documentos da empresa.

Quatro suspeitos de terem participado do assalto foram presos ainda na quarta-feira pela polícia. Eles foram localizado enquanto caminhavam às margens da MG-179, depois de abandonarem o veículo, que pode ter sido utilizado no assalto, próximo ao antigo lixão de Pouso Alegre.

Joalheria assaltada no Centro

O último assalto da série ocorreu na manhã de ontem (08). De acordo com a polícia, três homens armados e duas mulheres invadiram uma joalheria no centro da cidade por volta das 10h. Um dos homens anunciou o assalto. O proprietário da joalheria, uma atendente e clientes foram amarrados e trancados no banheiro durante a ação. O grupo pegou joias, dinheiro, celulares e fugiram em um carro alugado. Foram levados ao menos R$ 100 mil em mercadorias do estabelecimento.

A Polícia Civil segue investigando os casos e descarta relação entre as ações dos criminosos até o momento. "O que a Polícia Civil pode dizer é que temos informações concretas e que estamos apurando a veracidade dessas informações que chegaram para a polícia", garante o delegado regional Renato Gavião.

#DiaaDia

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com