• Adevanir Vaz

Com investimento de R$ 127 milhões, Hellmann's volta a ser produzida em PA


Investimento vai gerar 200 empregos diretos e 150 indiretos. Maionese retorna ao município ao lado de uma linha de produtos e de uma divisão de recipientes cujas operações estão sendo transferidas da fábrica do grupo em Goiânia

Executivos assinam protocolo de intenções com prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico (Foto: Capitolio Ass.)

Depois de 12 anos, a maionese Hellmann's, um dos principais produtos da Unilever, voltará a ser produzida em Pouso Alegre. A marca retorna ao município ao lado de uma linha de produtos e da divisão de potes para maioneses cujas operações estão sendo transferidas da fábrica que o grupo mantém em Goiânia. O investimento será de R$ 127 milhões, com geração de 200 empregos diretos e outros 150 indiretos.

O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (13) em coletiva de imprensa na Prefeitura, onde executivos da Unilever assinaram um protocolo de intenções para ampliação da planta do grupo no município. Como contrapartida do investimento, a Unilever vai contar com isenção de IPTU por cinco anos; isenção de ISSQN e de taxas de fiscalização de obras e funcionamento. A Prefeitura ainda se comprometeu a fazer melhorias de sinalização no acesso à empresa, localizada em um movimentado entroncamento da Avenida Prefeito Olavo Gomes, na região Sul da cidade.

Renato Miatello, vice-presidente da cadeia de suprimentos, Antônio Calcagnotto, Head de assuntos corporativos e Edmundo Mollo, o responsável pela planta de Pouso Alegre, assinaram o protocolo de intenções ao lado do prefeito Rafael Simões (PSDB) e do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Dino Francescato.

Faturamento e empregos

As obras para expansão da Unilever em Pouso Alegre já tiveram início. As novas dependências vão fabricar, além da maionese Helmann's, catchup, mostarda e molhos para saladas. Vão abrigar ainda uma divisão para produção de potes para maionese. A fábrica que atualmente conta com 670 funcionários deve contratar mais 200 colaboradores e gerar outros 150 postos indiretos.

A chegada dos novos produtos deve ampliar o faturamento da planta local em R$ 290 milhões em 2019 e em R$ 1 bilhão em 2020. "A localização geográfica (de Pouso Alegre), a mão de obra qualificada, os serviços e a infraestrutura que a cidade oferece foram alguns dos diferenciais que levamos em conta", explica o vice-presidente da cadeia de suprimentos do grupo, Renato Miatello. Segundo ele, o município é um dos players escolhidos pelo grupo para concentrar suas atividades fabris por oferecem excelentes condições para negócios.

#Mercado

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com