Mais movimentada, Fernão Dias lidera ranking de acidentes fatais na região


Maior e mais estruturada rodovia da região, tem também o maior número de acidentes

Desde o início do ano a rodovia Fernão Dias registrou 25 mortes ocasionadas por acidentes fatais em seu trecho que corta o Sul de Minas. Os números fazem da maior e mais movimentada rodovia da região aquela em que mais pessoas morreram no período. A segunda rodovia com mais mortes é BR-267 (18), seguida pela BR-146 (16) e BR-265 (16).

O levantamento é do portal G1 Sul de Minas. Os números tomaram por base os acidentes divulgados pelas autoridades policiais desde janeiro deste ano. De janeiro a outubro, o Sul de Minas registrou 167 acidentes com mortes, com 202 vítimas. Dessas, 166 morreram em acidentes em rodovias, 25 em acidentes em perímetros urbanos e outras 11 em acidentes na zona rural.

O levantamento traz também o ranking das cidades com maior número de mortes em acidentes. Poços de Caldas lidera o ranking, com 14 óbitos. Pouso Alegre está na 4ª colocação, com 9 mortes registradas.

Acidentes na Fernão Dias

O trecho próximo à cidade de Extrema pode ser considerado o mais perigoso da rodovia Fernão Dias. Ali, foram registradas seis das 25 mortes contabilizadas. O trecho na altura de Perdões vem em seguida, com cinco óbitos.

Os óbitos resultados de atropelamentos representam 32% do total de mortes. Das 25 vítimas fatas dos acidentes, 8 foram atropeladas.

Ranking Rodovias com mais mortes

>> Fernão Dias - 25 mortes

>> BR-267 - 18 mortes

>> BR-146 - 16 mortes

>> BR-265 - 16 mortes

>> BR-491 - 13 mortes

>> BR-459 - 9 mortes

>>MG-050 - 8 mortes

Cidades onde ocorreram os óbitos

>> Poços de Caldas: 14

>> Passos: 10

>> Lavras: 9

>> Pouso Alegre: 9

>> Varginha: 7

>> Itajubá: 6

#DiaaDia

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com