Inatel passa a oferecer curso de Engenharia Elétrica em 2019


Aulas do novo curso terão início já no primeiro semestre do ano (Foto: ASCOM/Inatel)

O Inatel começa 2019 com mais um curso. Já a partir do primeiro semestre do ano iniciam as aulas de Engenharia Elétrica. A portaria que autoriza a instituição a fornecer a nova opção foi publicada em 24 de dezembro, no Diário Oficial da União. Com a publicação, o Inatel já incluiu Engenharia Elétrica no Vestibular de Verão e as inscrições estão abertas para os períodos integral e noturno. A nova opção de graduação foi aprovada pelo Ministério da Educação – MEC, com a nota 5, o máximo do Conceito de Curso (CC).

A instituição possui afinidade com esta graduação, pois já forneceu Engenharia Elétrica, na modalidade eletrônica com ênfase em Telecomunicações, hoje a Engenharia de Telecomunicações. “A abertura do curso nos permitirá a formação de especialistas para atuarem na área de energia, englobando geração, transmissão, distribuição e fontes alternativas e renováveis de energia. Também teremos um profissional formado para projeto, instalação e manutenção de sistemas elétricos industriais, comerciais e residenciais, com foco no consumo eficiente de energia”, comentou o Diretor do Inatel, Carlos Nazareth Motta Marins.

O Diretor ressalta que o Inatel ganhou mais uma especialidade. “Esta nova graduação reforça a visão integrada que temos para formação de nossos engenheiros. Já contamos atualmente com uma grande sinergia entre todos os nossos alunos de Engenharia de diferentes cursos e isso se intensificará com o lançamento do curso de Engenharia Elétrica. Continuaremos trabalhando para oferecer a todos os nossos alunos uma formação mais ampla e uma visão mais abrangente do mercado de tecnologia”, disse Nazareth.

A nova opção de Engenharia será coordenada pelo Profº do Inatel, Alexandre Baratella Lugli. Para o coordenador, a Engenharia Elétrica suprirá uma lacuna referente ao gerenciamento, geração, produção e distribuição de energia elétrica. “O curso possui uma grande carga horária prática nas suas disciplinas específicas em laboratórios novos e com equipamentos que certamente irão contribuir para a qualidade das aulas e do ensino”, comentou Baratella.

Campo de Atuação do Engenheiro Eletricista O Engenheiro Eletricista atua em empresas voltadas ao segmento elétrico; em indústrias de máquinas, equipamentos e dispositivos de controle e automação industrial, comercial e predial; em concessionárias ou subestações de energia, automatizando os setores de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; em empresas e laboratórios de pesquisa tecnológica.

O profissional estará apto a desempenhar suas competências nas áreas de sistemas e circuitos elétricos, eletrônicos e computacionais (hardware e software). Poderá trabalhar em equipes multidisciplinares, exercer funções de gerência e desenvolvimento de projetos em diversas empresas do setor de tecnologia e em órgãos de regulamentação, além de atuar em ensino e pesquisa científica. Também pode atuar de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.

Vestibular Os vestibulandos interessados podem se inscrever pelo site www.inatel.br/vestibular. O Vestibular de Verão será realizado no campus do Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, dia 02 de fevereiro, das 13h30 às 17h30. As inscrições podem ser realizadas até o dia 30 de janeiro.

Em 2019, o Inatel também inicia o novo curso de Engenharia de Software e criará mais uma nova turma do recente curso de Engenharia de Produção, lançado em 2018. Em 2019 mais novidades estão chegando, novos laboratórios, espaços de estudos e mais cursos de Engenharia. A instituição oferece também os cursos de Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Biomédica.

Bolsas de estudo

No intuito de aumentar as possibilidades de ingresso nos cursos de graduação da instituição, o Inatel está ampliando a oferta de bolsas oferecidas pela sua fundação mantenedora, a Finatel, no Vestibular de Verão. Os candidatos que preencherem a ficha social juntamente com a inscrição, poderão obter até 100% de bolsa já no ato da matrícula, sendo a metade dessa porcentagem não-reembolsável, e o restante reembolsável após a formatura.

A instituição também irá beneficiar os primeiros colocados no Vestibular com a Bolsa Mérito. Os candidatos que participarem das provas e ficarem entre o 1º e o 4º lugar receberão bolsa de 100% e os que ficarem entre o 5º e o 8º lugar receberão bolsa de 50%, considerando a classificação geral.

A instituição oferece ainda outras facilidades para o custeio dos cursos como as oportunidades de financiamento pelo FIES e o Fundacred, além de outras bolsas que podem ser conquistadas ao longo dos cursos, como o Programa Jovens Talentos, Bolsa Estágio, Monitoria e Bolsa HandsOn. Confira os detalhes em www.inatel.br/vocepode.

#Educação

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com