Conheça a coluna 'Quintal de Minas'


As tradições, os costumes, os encantos, os sabores e saberes de Minas Gerais

A Coluna Quintal de Minas é uma evolução da coluna Dedo de Prosa, publicada por alguns meses no Jornal O Estado. Com novos arranjos e contribuições, se origina da latente necessidade de falar de Minas e dos mineiros, de suas tradições culturais, como abordado pela Dedo de Prosa, mas também de seus costumes do dia a dia, dos saberes populares, das ervas medicinais, dos temperos de quintal, do jeito simples e apurado do mineiro conversar com seu fogão, onde dá vida a quitutes e iguarias que só os Deuses Gregos saberiam descrever.

A ideia do nome, Quintal de Minas brotou de uma entrevista maravilhosa que assisti sobre a gastronomia mineira, no Programa Brasil das Gerais, da Rede Minas, com Patrícia Pinho. Estavam neste bate papo: Eduardo Avelar, Eduardo Maia, Edson Puiati e José Newton de Meneses. Este último, foi meu professor de Turismo Cultural na pós-graduação em História do Brasil pelo Prepes / PUC Minas Coração Eucarístico, em 2004.

Segundo José Newton, sua tese de doutorado aborda a ordem do quintal das cozinhas das casas dos mineiros no século XVIII. Fiquei absolutamente encantado com sua descrição: o quintal possui uma ordem; começa pelos temperos, depois hortaliças e assim segue com ervas medicinais, frutas e, por último, as criações.

As histórias de como surgiu grande parte dos principais elementos que compõem a cozinha e o quintal de Minas surgem de ordens trazidas pelos portugueses; dos saberes, dos sabores e da resistência dos indígenas e negros, que compõe nosso miscigenação cultural; mas, sobretudo, da sabedoria de criar e recriar que nosso povo tem. Exemplo claro é nosso pastel de farinha de milho, patrimônio imaterial de Pouso Alegre, que nasce da falta de farinha de trigo em nossa região em um dado momento histórico, mas a sabedoria do mineiro fez recriar o que já era feito de trigo com milho. Assim, criando e recriando, Pouso Alegre tem nessa sabedoria mineira um dos seus principais quitutes.

Quintal de Minas nasce para brincar de falar com os fazedores destas artes e registrar um pouco desta nossa riqueza.

Já são 19 anos pesquisando, falando, contando e recontando histórias de Folia de Reis, Congados, Moçambique, Mutirões de roça e de outras linhas ligadas às culturas populares de Minas. Agora, com a coluna ‘Quintal de Minas’, vamos continuar falando do universo das manifestações dançantes e religiosas, mas vamos incrementar com muito mais saberes e sabores de nossas tradições.

Como diria o mestre Rubinho do Vale: ‘a cultura popular e o folclore são a alma do povo brasileiro’.

Espero você aqui todas as sextas-feiras para prosear sobre Minas e os mineiros. Até lá!

Esse conteúdo foi útil para você? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece em Pouso Alegre e região.


Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com