A pedido do pai, assaltante se entrega depois depois de manter reféns por três horas em banco


Autoridades cercam agência bancária em Elói Mendes. Negociações duraram cerca de três horas e envolveram Polícia Militar, Polícia Civil e Operações Especiais (Foto: reprodução de redes sociais)

O assaltante que mantinha três reféns em uma agência bancária de Elói Mendes se entregou às autoridades no início da tarde desta terça-feira (14). O drama se arrastou por cerca de três horas. Para convencer o homem a se entregar, a polícia acionou seu pai, que foi até o local conversar com o filho. De acordo com a Polícia Militar, o assalto terminou sem nenhuma pessoa ferida.

O homem que mantinha três pessoas reféns em uma agência do Banco Bradesco, em Elói Mendes (MG), se entregou à polícia por volta de 12h30 desta terça-feira (14), cerca de três horas após o início do assalto. A liberação aconteceu depois que o pai do criminoso foi levado até o local e conseguiu convencer o rapaz a liberar as pessoas. Ninguém ficou ferido.

O assalto foi executado por quatro homens que interceptaram uma gerente do banco a caminho da agência, na BR-491. Eles renderam a mulher e seguiram em sua companhia para banco, que fica no centro da cidade de Elói Mendes.

Ao entrar na agência, os assaltantes renderam outras três pessoas: outra gerente, uma zeladora e um vigilante. Mas um outro vigilante que chegava ao banco percebeu a movimentação e acionou a polícia, que instantes depois já cercava a agência.

Não se sabe se enquanto a polícia cercava o prédio ou quando estava a caminho dele, três dos suspeitos teriam conseguido fugir. A gerente que primeiro foi feita refém também deixou o banco., permanecendo lá, um dos assaltantes que estava armado, e três reféns.

A partir daí teve início a negociação. De acordo com a polícia, o assaltante não aparentava nervosismo, mas se preocupava com sua integridade física após se desarmar e liberar os reféns. Encontrar seu pai foi um trunfo decisivo para as autoridades:

"Nós conseguimos encontrar o pai dele. A equipe deslocou até a casa, convencemos o pai e na negociação ele foi convencido a se entregar. O pai estava aqui, ele queria contato com o filho, nós acionamos ele pra ver se ele queria falar pessoalmente com o pai. Isso é uma tática de negociação pra que ele se acalmasse. Ele estava tranquilo, não manifestou nenhum nervosismo, a preocupação que ele tinha era de algo lhe aconteceria depois que entregasse as armas, as vítimas", relata o delegado regional Wellington Clair.

Autoridades negociam com assaltante liberação de reféns, em Elói Mendes (Foto: reprodução de redes sociais)

Os reféns foram liberador por volta do 12h30. O assaltante se entregou em seguida. Participaram das negociações, a Polícia Militar, a Polícia Civil e uma equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

O assaltante foi encaminhado para exame de corpo de delito e, então, seguiu para prestar depoimento na delegacia da cidade. De acordo com investigadores, ele seria morador de Alfenas. A polícia procura pelos outros três suspeitos de participação no assalto.

#DiaaDia

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com