Engenheiro é preso 1,1 mil comprimidos de ecstasy


Engenheiro tinha sistema de contabilidade e grande quantidade de droga em estoque. Suspeita-se que substâncias eram comercializadas junto a universitários (Foto: Polícia Civil)

A Polícia Civil de Poços de Caldas chegou a um engenheiro civil suspeito de fornecer drogas para estudantes universitários no município. Com o homem de 30 anos os agentes encontraram nada menos que 1,1 mil comprimidos de ecstasy, além de grande quantidade de cocaína, cerca de quatro quilos de maconha e haxixe e cristais de metanfetamina. A apreensão foi realizada no bairro Jardim Doutor Ottoni.

O engenheiro era organizado. Em seus computadores, os policiais localizaram planilhas de venda com os preços unitários da drogas. Os comprimidos de ecstasy, por exemplo, seriam vendidos por R$ 70 cada.

Na casa dele, ainda foi encontrada uma pedra bruta de cocaína e quase 30 porções da droga embaladas para a venda. Além da droga, foram apreendidos dois carros, uma arma de fogo e R$ 4,2 mil em dinheiro. A namorada do engenheiro e mais um casal também foram presos. Depois de seguirem para a delegacia, os suspeitos serão levados para o presídio da cidade.

#DiaaDia

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com