Pouso Alegre foi cidade da região que mais recebeu transferências do Estado em 2019, mas teve recuo


Com repasse não feito pelo governo de Minas em janeiro, Pouso Alegre teve queda de 5,45% em transferência de impostos estaduais - Foto: R24

Pouso Alegre segue sendo a cidade que mais recebe transferências de impostos do governo de Minas, mas o montante que chegou aos cofre do município de janeiro a maio deste ano foi 5,45% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. Em 2018, a administração estadual repassou R$ 97,4 milhões à cidade. Em 2019, o montante recuou para R$ 92,1 milhões.

Os recursos são oriundos de ICMS, IPI e IPVA. Na média, o repasse para as 10 cidades do Sul de Minas que mais receberam essas transferências em 2019, registraram queda de 6%. A exceção fica por conta de Extrema que, no período, pulou de R$ 75 milhões para R$ 77,1 milhões. O município de 35,4 mil habitantes, na divisa com o Estado de São Paulo, passa por um vertiginoso processo de industrialização e já é o segundo da região que mais recebe transferências do governo de Minas.

Queda tem influência de repasses não feitos

A Secretaria de Estado de Fazenda informou que a queda nos repasses nos cinco primeiros meses do ano sofreu influência do mês de janeiro, quando não foram repassadas verbas para os municípios. O mesmo não ocorreu em 2018, quando os repasses foram feitos em sua totalidade.

As transferências não feitas em janeiro, assim como de meses e anos anteriores, entraram em um acordo feito entre o governo e a Associação Mineira dos Municípios, intermediada pela Justiça, e será paga de forma parcelada a partir do ano que vem.

#Cidade #Política

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com