Mulher tenta entrar no presídio de Pouso Alegre com três celulares ocultos em suas partes íntimas


A mulher precisou ser levada até o hospital para retirada dos aparelhos

Era pra ser só mais uma visita trivial a um dos presos na rotina do presídio de Pouso Alegre, mas uma mulher de 22 anos não passou incólume pela revista íntima. O detector de metal utilizado no procedimento de segurança indicou que ela possuía um objeto de metal provavelmente inserido em sua vagina.

Ela então foi levada para o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, onde passou por um exame de raio-X. A avaliação revelou o que a mulher tinha introduzido na vagina: três celulares, envolvidos em fita isolante e papel carbono. Todo o material foi retirado ainda no hospital.

Após o flagrante, a mulher seguiu para a delegacia de Polícia Civil, onde foi interrogada, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada.

#DiaaDia

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com