Com três mortes confirmadas em três dias, Pouso Alegre vê avanço da covid-19

Na mesma semana em que registrou recorde de novos casos e de recuperados, município computa três novas mortes e HCSL deixa de divulgar índice de ocupação hospitalar relacionado a casos ou suspeitas de Covid-19



Montagem de leitos destinados à Covid-19 no HCSL - foto: arquivo

Em três dias, Pouso Alegre confirmou três mortes por Covid-19. Duas delas ocorreram na sexta-feira, 03, e a terceira neste domingo, 05. Todas elas foram confirmadas após a divulgação do último boletim do município na semana, ocorrida na manhã de sexta. O município tem agora sete mortes ocasionadas pela infecção desde o início da pandemia.


Os dados mais recentes acerca do número de casos na cidade são da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e foram divulgados neste domingo. Segundo o levantamento estadual, Pouso Alegre tem 367 casos acumulados da doença. No informe, porém, ainda não constam as novas mortes confirmadas pelo município, nele estão registrados apenas quatro mortes.


> Confira a íntegra do informe da SES-MG


O município deixou de divulgar seus boletins epidemiológicos aos finais de semana, por isso, seu levantamento mais recente é de sexta-feira, 03, quando informava 354 casos acumulados da doença. Destes, 46 eram de casos ativos, em que os pacientes apresentavam sintomas da doença: seis deles estavam na UTI, três em internações clínicas e 37 em isolamento domiciliar.


O total de pacientes que o município considerava 'curados' era de 304, o que representava, então, 85,8% do total de infectados, maior índice já alcançado desde o início da pandemia.


No mesmo dia em que registrou o recorde positivo de recuperdos, porém, o município também bateu um recorde negativo: registrou o maior número de novos casos da doença em uma mesma semana, 62, superando o recorde da semana anterior, na qual havia computado 60 novas infecções.


Gráfico mostra avanço da Covid-19 em Pouso Alegre. Os dados consideram os números divulgados pelo boletim epidemiológico da prefeitura até sexta-feira, 03, quando ainda não haviam sido computados os três novos óbitos:


Série de três óbitos

Logo após o município divulgar seu último boletim epidemiológico da semana, ainda na sexta-feira, viria a confirmação da quinta morte por covid-19. Tratava-se de uma mulher na faixa dos 50 anos. Ela deu entrada no Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL) naquele mesmo dia, com parada cardiorrespiratória e não resistiu. De acordo com a Prefeitura, a paciente seria portadora de problemas respiratórios e, seguindo protocolos, foi realizado o teste, que resultou positivo para covid-19.


Também na sexta-feira, a prefeitura informou que investigava dois óbitos suspeitos. Horas depois, informou que, em um deles, a covid-19 estava descartada como causa da morte. Mas o outro óbito, de uma mulher na faixa dos 70 anos, seguiu em invetigação e acabou confirmado neste domingo.


A terceira morte em três dias também foi confirmada neste domingo. De acordo com a Prefitura, se trata de um homem de 83 anos, que já possuia outras comorbidades. Ele estava internado no HCSL desde o dia 24 de junho.


HCSL não divulga índice de ocupação hospitalar

Em meio ao avanço da pandemia em Pouso Alegre, o HCSL deixou de divulgar na sexta-feira, 03, o índice de ocupação hospitalar por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19.


Nas duas semanas anteriores, o hospital havia publicado a informação em suas redes sociais, alegando que se tratava de uma maneira de dar "transparência" à sua atuação na pandemia. O R24 tentou contato com a assessoria de imprensa do HCSL para saber o motivo de o índice não ter sido divulgado, mas não obteve retorno.


A última publicação do hospital a respeito da taxa de ocupação ocorreu no dia 26 de junho, quando, de acordo com o informe, estariam ocupadas nove das 33 (27,3%) UTIs adultas destinadas à Covid-19. Na semana anterior, a ocupação estava em 18,2%. Já os leitos clínicos destinados à doença, também conforme o divulgado naquela data, teriam 11 de 60 (18,3%) vagas ocupadas.


Outras mortes registradas pela doença no município As outras quatro mortes já registradas pelo município em decorrência da Covid-19 foram de um idoso de 83 anos, em 2 de junho, de uma idosa de 80 anos, no dia 2 de maio, de um homem na faixa de 80 anos, em 11 de abril, e de José Raimundo Tadini, de 79 anos, a primeira vítima fatal da infecção provocada pelo novo coronavírus em Pouso Alegre, no dia 5 de abril.

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com