Coronel Dimas deixa a chefia de Gabinte da Prefeitura de Pouso Alegre

Portaria que exonerou o coronel da reserva da PM e braço direito de Rafael Simões foi publicada com data de terça-feira, 02 de junho. Saída teria sido a pedido para resolver problemas pessoais, mas, coincidentemente, ocorre dentro do prazo eleitoral que possibilita ao coronel concorrer às eleições na vaga de vice na chapa de Simões


Discreto, Coronel Dimas é homem de confiança de Simões desde quando o político presidia a FUVS

O coronel da reserva da Polícia Militar José Dimas da Fonseca não é mais o chefe de Gabinete da administração do prefeito Rafael Simões (DEM). A portaria que o exonerou da função foi publicada com data desta terça-feira, 02 de junho.


O R24 apurou que a exoneração teria sido feita a pedido. O pedido de afastamento seria para tratar de assuntos pessoais. A ideia seria, inclusive, que ele retornasse à administração após resolver suas questões pessoais.


Curiosamente, a exoneração do chefe de Gabinete ocorre dentro do prazo de quatro meses previstos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que secretários municipais, ao qual se equipara a chefia de Gabinete, deixem esses cargos caso queiram se candidatar a prefeito ou vice-prefeito.



Na eleição que levou Rafael Simões ao mandato atual, Dimas, que já era seu braço direito na FUVS, então presidida pelo atual prefeito, chegou a ser cogitado como seu vice. Fontes na Prefeitura, no entanto, garantem que a exoneração não teria qualquer relação com as eleições.


Apesar de sua exoneração ter sido publicada com data de terça-feira, no mesmo dia, o coronel participou da coletiva de imprensa em que o prefeito Rafael Simões anunciou a data para licitação das obras da nova avenida de acesso ao Faisqueira, uma evidência de que a exoneração foi, de fato, coordenada pelas partes.


(Nota do editor: Após a publicação desta reportagem, a Prefeitura informou que Dimas "esteve presente na coletiva", mas não "participou dela")


Braço direito de Simões

Considerado o braço direito do prefeito Rafael Simões desde que este esteve à frente da FUVS, a fundação mantenedora da Univás e do Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL) - cuja gestão foi o cartão de visitas do político para as eleições de 2016 - o coronel Dimas tem passagem pelos comandos da PM de Pouso Alegre e Poços de Caldas e foi assessor militar da Secretaria de Estado de Defesa Social.


Conciliador e de bom trato, e apesar de sua discrição, tem sido um dos homens fortes da administração Simões, alem de ponto de referência para crises internas e externas ao governo. Suas funções serão acumuladas pelo Superintendente de Gestão de Pessoas, Ricardo Sobreiro.

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com