Duro na Queda vence licitação para construção da Avenida Faisqueira por R$ 19,6 milhões

Obra foi orçada inicialmente em R$ 29,2 milhões, mas proposta da empresa vencedora foi de R$ 19,67 milhões. Via de 2,3 quilômetros de extensão ligará o Faisqueira à BR-459 e será alternativa à Rua Antônio Scodeler. Duro na Queda assinará 14º contrato com o município, totalizando R$ 82 milhões em quatro anos



Chegou ao fim nesta terça-feira, 28, o processo licitatório para escolha da empresa que será a responsável pela construção da Avenida do Faisqueira, a via que será a nova alternativa de acesso à região. A vencedora do certame foi a empreiteira Duro na Queda, que se propôs executar a obra por R$ 10 milhões a menos que o orçado inicialmente pela prefeitura.


A proposta da empresa foi de R$ 19,67, embora a construção da avenida tenha sido orçada, inicialmente, em R$ 29,2 milhões. Desta vez, o resultado da licitação não chegou a ser contestado por nenhuma das outras quatro participantes do certame, cujo resultado será homologado pela Secretaria Municipal de Obras para que, então, seja firmado o contrato.


A empresa vencedora da licitação mais aguardada pela administração Simões é velha conhecida da gestão. Levantamento no Portal da Transparência mostra que a Duro na Queda tem ao menos 13 contratos já firmados com o município, num total de R$ 62,5 milhões. Com o novo contrato, o montante deve ultrapassar os R$ 82,2 milhões.

Licitação para construção da Avenida Faisqueira teve fim nesta terça-feira, 28 - Foto: Ascom/PMPA


Veja a lista de empresas que participaram da licitação para construção da avenida:

  • Duro na Queda Construções Ltda.

  • Pavidez Engenharia Ltda.

  • Schunck Terraplenagem e Transportes Eireli

  • Mercanorte Construções e Empreendimentos Ltda.

  • Poros Construtora Eireli

> Em meio a questionamentos ambientais, Simões anuncia licitação da avenida do Faisqueira


Início das obras A prefeitura acredita que inicia a obra, maior investimento único da gestão Simões, ainda em 2020, com a previsão de que elas se estendam pelos próximos dois anos.

Transmissão pelas redes

A prefeitura transmitiu o certame pelas redes sociais. A ação não é comum, embora as licitações do município já sejam gravadas.

Via pode por fim a gargalo histórico

Saindo do papel, a nova avenida promete por fim a um problema histórico da região do Faisqueira, que tem apenas a Rua Antônio Scodeler como alternativa para quem entra e sai, apesar de abrigar entre 20 e 30 mil moradores e indústrias de médio e grande porte.


Além do engarrafamento em horários de pico, a via apresenta graves problemas de infraestrutura: ela é estreita, cheia de buracos e ainda sofre com inundações nos períodos chuvosos.

> Resumo da obra

Início: Nº 2.200 da Rua Antônio Scodeler, próximo à empresa Trifer, no bairro Bela Itália

Fim: BR-459, onde ficava a Maria Fumaça

Extensão: 2,5 quilômetros

Características: pista dupla, ciclovia, 2 praças, passeios, faixas elevadas, 3 conexões com vias internas da região do bairro Faisqueira;

Valor: R$ 19,6 milhões

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com