Mulher de 36 anos é esfaqueada e morta no Jardim Brasil I. Ex-marido é principal suspeito

Ex não aceitva fim de relacionamento que começou na adolescência. Jane Lira deixa dois filhos

Jane Lira de Oliveira trabalhava em um supermercado do Sao Cristovão - Foto: arquivo pessoal

Jane Lira de Oliveira, de 36 anos, foi esfaqueada e morta na manhã desta quinta-feira, 04, em sua casa, no bairro Jardim Brasil I, em Pouso Alegre. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e chegou a dar entrada com vida no Hospital das Clínicas Samuel Libânio (HCSL), mas não resisitu aos ferimentos.

Leia também:


- Homem é baleado e morto durante abordagem policial em Pouso Alegre


- Cotado para vice de Simões, Coronel Dimas deixa chefia de Gabinete dentro do prazo eleitoral


- Pouso Alegre chega a 127 casos de Covid-19 e índice de curados recua pelo quarto dia seguido

O principal suspeito da morte é o ex-companheiro da vítima. Ele teria golpeado a ex com duas facadas, mas quando a polícia chegou ao local, ele já havia fugido. O motivo da agressão ainda não está claro.


No entanto, pessoas que conheciam o casal afirmam que eles estavam separados, mas o ex-marido não aceitava o fim do casamento, fruto de um relacionamento iniciado ainda na adolescência e que deu origem a dois filhos, de 10 e 15 anos. Eles teriam presenciado a agressão que terminou com a morte da mãe.


"Todos os esforços da PM estão empenhado na localização dele, e nós não temo maiores informações a respeito da motivação dele para a prática desse crime", informou o porta-voz da PM de Pouso Alegre, o capitão Maximiliano Silva Soares. Segundo ele, a PM trata o caso como femincídio.


Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com