Parceria entre produtores cria licor de morango orgânico em Pouso Alegre




Produto nasceu da união entre a Cachaça Dona Diva e o Sítio São José para adoçar a região


O Sul de Minas possui uma vasta produção agrícola que, há anos, chama a atenção pela qualidade e diversidade. Entre estas riquezas, destaca-se na microrregião de Pouso Alegre o cultivo do morango, a princesa das frutas vermelhas. Quando falamos em morango, nossa memória já remete a doce e sobremesa, mas, em Minas, a tradição dos derivados faz parte do manejo de reaproveitamento, e, assim, foram surgindo iguarias que se misturam com nossas histórias. O que seria hoje de Minas Gerais sem nosso mais famoso derivado do leite: o queijo? E dele ainda surgiu o pão de queijo.




E por falar em derivados, esta semana recebi um convite super bacana para conhecer uma iniciativa inovadora. Ela surge da parceria entre a Cachaça Dona Diva e o Sítio São José, que produz morangos orgânicos certificados. Esse encontro começou a se desenhar após uma série de lives sobre a cadeia produtiva da gastronomia e cultura promovida pela Acipa e pelo movimento Pouso Alegre Gastronomia e Cultura. Foi nesse espaço virtual, que as irmãs Renata e Regilene, produtoras da Cachaça Dona Diva, e Claudinei, produtor e proprietário do Sítio São José, se conheceram. O que surgiu daí eu conto a seguir.




A família produtora da Cachaça Dona Diva já foi matéria aqui no Quintal de Minas. Os negócios por lá vão de vento em popa. A variedade da produção aumentou. Foi feito ainda um Investimento em novas madeiras brasileiras como a Amburana, o Ipê e a Putumunju para o descanso das cachaças e também dos tradicionais licores, uma linha de derivados muito apreciada pelos cantos de cá.


Do pomar da família, vinha o produto base, as frutas da estação: laranja murcote, amora, jabuticaba, entre outras. Daí nasceu a ideia de explorar a fruta vermelha mais cobiçada e amada, aproveitando o potencial da cidade e região, construindo novas formas de agregar valor e juntando forças para levar o nome de Pouso Alegre e dando vida à dobradinha entre a Cachaça Dona Diva e o Sítio São José.


Para o Professor de Gastronomia, Chef Edson Puiati, um dos grandes nomes da gastronomia mineira, foi uma enorme felicidade saber que uma parceria de dois produtos tão fortes e emblemáticos estava se iniciando. O chef avalia que a união de forças é sempre promissora: “É preciso estar juntos, quanto mais isso acontecer, mais fortes eles vão estar em seus negócios. Assim, as coisas vão criando formas e corpos. Parceria hoje é a palavra forte para deslanchar todo empreendimento”.


Em Minas Gerais, parceria é que nem missa, tem todo dia, toda hora. Está na cultura e na essência do nosso povo. Parceria nos negócios e nos produtos, no jeito de falar e de contar causos. É o café com queijo, a cachaça com torresmo, o doce de leite com goiabada, assim vamos criando e recriando formas.


O licor de morango orgânico nasce da belezura de encontros e achados, da delicadeza do morango e da força da cachaça, do vermelho vivo com a transparência da água de santo. Um licor que nasce nas montanhas do Sul de Minas, com aquela maneira de dizer: Bom demais da conta, sô! Bora experimentar!



Esse conteúdo foi útil para você? Curta nossas páginas no Facebook, Instagram, Youtube e fique por dentro de tudo que acontece em Pouso Alegre e região.

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com