Rogério Henrique e auxiliares deixam o Pouso Alegre

Técnico venceu a Segundona do Mineiro ano passado e liderava o Módulo II com campanha invicta. Seu contrato se encerrou em maio e com a perspectiva do retorno do Módulo II, ele e o clube discutiam a retomada do trabalho, mas não houve acordo financeiro entre as partes. O treinador também teria propostas de outros clubes


Quando voltar a campo, possivelmente no dia 10 de outubro, para a sequência do Módulo II, o Pouso Alegre não será comandado por Rogério Henrique. O treinador, apontado como um dos principais trunfos da campanha invicta do clube no Módulo II do Mineiro, estava em negociação para retomar o comando do Dragão, mas as partes não chegaram a um acordo financeiro.


Ao Pouso Alegre.net, Henrique disse que estava sem contrato desde maio e que vinha recebendo ajuda de custos do governo. Segundo ele, as conversas para retorno ao comando da equipe acabaram não vingando. Além de não chegar a um acordo financeiro com o clube, ele teria propostas de outras equipes.


"Não houve um acordo financeiro entre a gente e o clube (...) E nesse momento, amigavelmente e com todo o respeito, é bom que fique claro, a gente decidiu que ia seguir pra outros projetos. Entendendo a situação do clube, a gente viu que para se adequar ao padrão financeiro que o clube estava propondo a gente achou que deveria ser outro profissional, outra comissão pra continuar esse trabalho", disse o técnico ao site de notícias, reforçando que entende as dificuldades do clube em meio à pandemia.


Trajetória vitoriosa e invicta

Rogério Henrique deixa o Pouso Alegre após fazer história. À frente do Dragão, ele manteve uma invencibilidade de 23 jogos, venceu a Segundona do Mineiro em 2019 e liderava o Módulo II da competição estadual que possibilita aos dois melhores colocados o acesso à elite do futebol mineiro.


Diretoria do Pouso Alegre diz ter sido pega de surpresa

A diretoria do Pouso Alegre não entrou em detalhes sobre o motivo da saída de Rogério Henrique. À imprensa, o presidente do clube, o ex-jogador Paulo da Pinta, disse ter sido pego de surpresa, mas avaliou que o clube é maior que as pessoas que passam por ele.


Oficialmente, o clube se manifestou por meio de uma nota curta: "O Pouso Alegre Futebol Clube vem a público confirmar a saída do técnico Rogério Henrique e de toda a sua comissão técnica, que pediram demissão nesta sexta-feira. O clube agradece aos serviços prestados por todos e comunica que já está trabalhando para a contratação de novos profissionais.


Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com