Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

Lotus entra com processo para assumir transporte público

12/03/2018

Empresa foi criada a partir da incorporação da Princesa do Sul pela Expresso Gardênia. Se pedido for aceito pela Secretaria de Trânsito, ela pode herdar também prorrogação de contrato até o final da licitação que está em andamento

 

Empresa Lotus Ltda. É o nome da concessionária de transporte público que deverá atuar pelos próximos meses em Pouso Alegre. Resultado da incorporação da atual concessionária, a Viação Princesa do Sul, pela Expresso Gardênia, a Lotus enviou representantes à Prefeitura na segunda-feira (06), a fim de oficializar ao município a incorporação e obter autorização para seguir prestando o serviço.

 

A Prefeitura informou à reportagem por meio de nota, que o pedido está sendo avaliado pela Procuradoria Geral do Município. Mas avisou que a autorização para operação compete exclusivamente ao poder Executivo: “Considerando que este é um serviço de extrema relevância para a população do Município, o pedido está sendo analisado pela assessoria técnica e também pela Procuradoria Geral do Município, haja vista que a incorporação só poderá ser realizada com expressa autorização do Poder Concedente”, informou.

 

Ainda de acordo com a Prefeitura, não há prazo para a conclusão da análise do pedido. A assessoria de imprensa informou apenas que “A avaliação deve ser concluída no tempo necessário”. Mas ainda que o pedido não tenha sido aprovado, durante a semana circularam imagens de ônibus da Princesa do Sul pintados de vermelho, em aparente preparação para a mudança.

 

Fontes não oficiais divulgaram na imprensa que a mudança incrementaria 20 ônibus novos à atual frota. Os veículos seriam climatizados e equipados de carregadores de celular. Ainda de acordo com o que foi divulgado na imprensa, a empresa disponibilizaria um aplicativo de samrtphone para acompanhamento da rota em tempo real.

 

Prorrogação do contrato

O atual contrato de concessão do transporte público vence em abril, mas é muito provável que ele seja prorrogado por pelo menos mais seis meses, já que o processo de licitação para escolher uma nova concessionária não deve ficar pronto antes disso.

 

A concorrência pública teve início no fim do ano passado. Ela irá conceder à iniciativa privada o serviço que mais tem dado dor de cabeça aos pouso-alegrenses. A expectativa da Prefeitura é que o contrato, estimado em R$ 157 milhões para os próximos 10 anos, esteja concluído até o final do primeiro semestre. Uma vez assinado com a prestadora de serviço, ela ainda terá seis meses para começar a operar. Por conta desses prazos, a Secretaria Municipal de Trânsito já avisou que deve buscar uma empresa para atender o município de forma emergencial.

À imprensa, o secretário de Trânsito, Wagner Mutti Tavares disse ser provável que o atual contrato seja estendido. ““Se for necessário nós iremos usar parte desse contrato atual para operar enquanto o processo licitatório estiver em andamento, porque não pode haver a interrupção da prestação de serviço”, informou.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Motociclista morre ao chocar veículo contra poste de iluminação

24/01/2020

Fila por emprego em seleção do CAC, na Câmara de Pouso Alegre, dobra quarteirão

24/01/2020

1/15
Please reload

Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas