Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

Em vídeo inédito, Jair Siqueira e secretários contam história da construção dos CIEMs

13/07/2018

Em relatos colhidos para livro que contará a história do CIEM do Fátima, Jair Siqueira, Antônio Célio e Jael Torres Brandão contam os bastidores da maior revolução educacional de Pouso Alegre

 

 

Em um tempo em que a educação era relegada às discussões de segundo plano nas administrações públicas, Pouso Alegre deu um salto fundamental na qualidade do ensino com a construção dos Centros Integrados de Educação Municipal, os CIEMs. Projeto considerado visionário para o início da década de 1990, os prédios proveram estrutura otimizada para a educação, equiparando os centros de ensino público às melhores redes de ensino privado.

 

O principal responsável pelo feito, o ex-prefeito Jair Siqueira, faleceu na última semana, aos 82 anos, vítima de uma pneumonia. Mas aquela que talvez tenha sido a contribuição mais relevante do político para o ensino municipal será registrada para a posteridade em um livro que contará a história da construção do CIEM do Fátima. A obra está sendo escrita pelo ex-presidente da Câmara de Pouso Alegre, Rafael Huhn, ex-aluno do CIEM.

 

Em meio às pesquisas para a confecção do livro, Huhn conseguiu uma proeza: reuniu em uma só mesa de conversa o ex-prefeito Jair Siqueira, a ex-primeira-dama e vereadora Lilian Siqueira e dois de seus ex-secretários de maior confiança: Antônio Célio Rios de Andrade e Jael Torres Brandão. O primeiro passou por secretarias de Administração, Cultura e Educação, enquanto Jael foi a secretária de Educação a quem coube conduzir a implantação dos CIEMs.

 

A conversa está registrada em um vídeo que Huhn decidiu divulgar após o falecimento do ex-prefeito. Trechos da gravação poderão ser conferidos com exclusividade no site do Jornal O Estado a partir desta sexta-feira (13).

 

“Eu entrei no CIEM do Fátima assim que ele foi inaugurado, em 1992. Sou testemunha da ação revolucionária promovida pelo governo do Jair Siqueira. Eu presenciei essa transformação educacional da qual sou fruto e cria”, testemunha Rafael Huhn. Para ele, a implantação dos CIEMs em Pouso Alegre e as metodologias que integraram educação, esporte e outras iniciativas foram a semente de uma grande mudança comportamental ocorrida na cidade.

 

Inspiração

A concepção dos CIEMS em Pouso Alegre, que deu origem às escolas municipais Doutor Ângelo Cônsoli (CIEM Fátima), Professora Maira Barbosa (CIEM do Algodão) e Anita Faria Amaral (CIEM Santa Luzia), foi inspirada em um projeto audacioso sonhado por ninguém menos que o antropólogo Darcy Ribeiro e colocado em prática pela primeira vez no Estado do Rio de Janeiro pelo então governador Leonel Brizola na forma dos CIEPs, os Centros Integrados de Educação Pública. A ideia base da proposta pedagógica era oferecer ensino público de qualidade, com atividades integradas, em período integral.

 

No caso de Pouso Alegre, o surgimento dos CIEMs se deu no contexto de necessidade de extinguir pequenas escolas rurais e concentrar o ensino público em grandes centros educacionais estruturados. A missão foi dada por Jair Siqueira a seus secretários de confiança. O sucesso da empreitada é um dos símbolos do primeiro mandato do ex-prefeito, que repousa na memória de muitos pouso-alegrenses como uma das melhores administrações que já se viu por aqui.

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Veja: grande volume de chuva e lixo provocam alagamento impressionante na Comendador

14/12/2019

Vigilância Sanitária monitora buffet onde teria ocorrido surto de intoxicação alimentar em Pouso Alegre

13/12/2019

1/15
Please reload

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com