Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

A depressão

14/09/2018

A Depressão é considerada uma doença mental que segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, será uma das patologias mais debilitantes até o ano de 2020. O transtorno depressivo é um desequilíbrio cerebral, sendo uma combinação de fatores biológicos, psicológicos e sociais. Embora existam diversas pesquisas sobre o assunto ainda não há um consenso da sua causa que possa especificar a causa da doença que atinge milhares de pessoas em todo o mundo. No entanto, pesquisadores indicam que a promoção da qualidade de vida como alimentação saudável, praticar atividades físicas regularmente, trabalhos em condições dignas, acesso à educação e ao lazer podem contribuir para a prevenção desta psicopatologia - doença mental, assim como de outras patologias. 


O diagnóstico da Depressão deve ser realizado por especialistas da área como psicólogos (as) e/ou psiquiatras, pois estes estão aptos para a abordagem e realização dos procedimentos necessários para cada pessoa. Para saber se o indivíduo está deprimido é avaliado a duração e a intensidade dos sintomas queixados na consulta, sendo levado em consideração comportamentos, sentimentos, pensamentos e problemas físicos. Vale dizer, que os sintomas podem se apresentar de formas diferentes em crianças, adolescentes, adultos e idosos. O trabalho multidisciplinar é de suma importância para conduzir o tratamento da depressão de maneira eficaz e duradoura, possibilitando a recuperação de sua capacidade física, mental e social. 


Como psicóloga, peço licença para explicar de forma resumida a atuação da Psicologia, porque ainda hoje há muitos preconceitos em torno desta profissão de saúde mental. Nosso trabalho visa proporcionar bem-estar, equilíbrio mental, emocional e físico através da fala. Isso mesmo! Nós conversamos, mas não é uma conversa qualquer, mas sim uma escuta especializada, levando o paciente a compreender a si mesmo, auxiliando nos processos de reabilitação em casos com diagnósticos depressivos, bem como outras situações conflituosas. Ainda na atuação clínica é possível utilizar outros recursos, como: entrevistas, testes psicológicos, dinâmicas individuais e de grupo. Então, procure ajuda sempre que sentir necessidade, não há mal nenhum em pedir auxílio. Ok? Abaixo relato uma experiência pessoal sobre o uso da Arte dentro da Psicologia para ajudar pacientes com Depressão.


Sou co-criadora do ArtExpressão – Depressão: Possibilidades Preventivas e Terapêuticas, projeto ao qual fui convidada para fazer parte ainda na graduação pela psicóloga e professora Alaide de Souza. O projeto tem como base teórica a Psicomotricidade e o Psicodrama, consistindo na utilização da Psicologia, da Arte e da Expressão corporal como recursos facilitadores na prevenção e no tratamento da Depressão, buscando a integração do sujeito interna e externamente através da consciência corporal, relaxamento, controle da respiração, controle muscular, dramatização, dança, pintura e desenho. O projeto oferece ainda, informações, rodas de conversas e palestras a população, pois acreditamos que a melhor prevenção é a conscientização das pessoas. Confesso a você que este projeto tem meu afeto, pois consegui unir duas paixões para ajudar as pessoas, é a equação mais bela e poética da minha vida!  “Se regar, nasce!” 


Abraços fraternos, caros leitores! 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Veja: grande volume de chuva e lixo provocam alagamento impressionante na Comendador

14/12/2019

Vigilância Sanitária monitora buffet onde teria ocorrido surto de intoxicação alimentar em Pouso Alegre

13/12/2019

1/15
Please reload

Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas
Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com