Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

Em Pouso Alegre e outras 8 cidades da região: PC prende 46 ligados a rede de tráfico na região

14/03/2019

Em operação que envolveu cerca de 200 policiais, corredor de drogas que abastecia rede de tráfico no Sul de Minas foi desarticulada pela Polícia Civil. Investigações mostram que droga vinha do Paraguai e principal fornecedor da quadrilha era filiado a facção criminosa de São Paulo. Líder da quadrilha foi preso em Pouso Alegre.

 

Operação da Polícia Civil teve início às 3h. Mandados foram cumpridos em 9 cidades da região e uma do Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução/EPTV)

 

Atualização ás 16h - 14 de março de 2019

 

O corredor de drogas entre Mato Grosso do Sul e Sul de Minas sofreu um duro golpe na manhã desta quinta-feira (14). A Polícia Civil desencadeou ainda de madrugada a Operação Lilith, que cumpriu 48 mandados de prisão e outros 56 de busca e apreensão em Dourados (MS) e outras nove cidades do Sul de Minas, entre elas Pouso Alegre. Na execução da operação, 46 pessoas foram presas e duas figuram como foragidas.

 

Considerado o cabeça da rede de tráfico, Antônio Marco, conhecido por 'Coala' foi preso pela manhã, em Pouso Alegre, depois de ser monitorado por meses após ter deixado a prisão de Três Corações, no início do ano.

 

Na cidade de Mato Grosso do Sul, segundo a Polícia Civil, foi preso um suspeito com aproximadamente 400 quilos de drogas. De acordo com a PC, ele seria o principal responsável por fornecer drogas para o Sul de Minas. 

 

A operação teve início por volta das 3h desta quinta (14), com alvos nas cidades de Lambari, Três Corações, Varginha, Cambuquira, Itamonte, Conceição do Rio Verde, Olímpio Noronha, Virgínia e Pouso Alegre, todas no Sul de Minas, além de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

 

O delegado Pedro Paulo Marques, de Lavras, informou que mais de 200 policiais fizeram parte da operação. "Foi um trabalho realizado pela equipe de Três Corações. Foram 100 mandados cumpridos. Pelos números que recebemos, a operação tem 100% de êxito". 

 

Segundo a polícia, um dos envolvidos comandava o tráfico de drogas em Lambari de dentro da penitenciária de Três Corações (MG). Ele recrutava agentes para recebimento e venda de drogas. O dinheiro do tráfico seria depositado em contas de Lambari e região.

 

Investigação

A investigação teve início em setembro de 2017, quado um outra operação policial contra o tráfico prendeu um dos homens apontados como chefe da quadrilha. Da cadeia, ele continuou a operar seus negócios. Como contou o delegado regional Cristiano Almeida: "Ele foi preso em uma outra operação, a operação Narco Zero, e continuou a sua empresa ilícita de dentro da Penitenciária de Três Corações".

 

Ele saiu da prisão no início do ano. Desde então, a polícia passou a monitorar suas ações para desmantelar a quadrilha. Para os investigadores, sua liderança sobre a organização criminosa continuava. Ele agia com ajuda de familiares e outros comparsas espalhados pela região, movimentando a receita advinda do tráfico em contas abertas em Lambari e outras cidades do Sul de Minas.

Recrutamento e ordens

"Ele determinava, ele ordenava a seus asseclas, principalmente na cidade de Lambari, sua esposa, cunhada, parentes e outras pessoas que eram recrutadas por ele, para continuar essa atividade ilícita", disse o delegado.

 

Balanço

A operação iniciada com o monitoramento do suposto traficante preso e solto em Três Corações levou à polícia àquele que seria seu principal fornecedor. O homem seria residente em Mogi das Cruzes (SP) e filiado à principal facção criminosa do Estado de São Paulo.

 

Preso em Dourados (MS) durante a operação, ele buscava a droga que abastecia a rede de tráfico sul-mineiro no Paraguai. Com ele foram encontrados 356 quilos de droga.

 

No cumprimento dos demais mandados de busca e prisões, a polícia encontrou mais droga. "Todas as pessoas foram devidamente ouvidas e ainda estão sendo ouvidas. Algumas, inclusive, foram autuadas em flagrante hoje, tendo em vista a apreensão de droga (...) foram encontradas algumas porções de drogas, mais de 2kg, [além de] dinheiro, armas de fogo", contou o delegado.

 

Todos os presos e materiais apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia de Três Corações.

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Motociclista se choca violentamente contra mureta na Fernão Dias e morre na hora

17/11/2019

Polícia chega a suposta quadrilha de assaltantes que estaria agindo em Pouso Alegre e região

16/11/2019

1/15
Please reload

Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas