Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

Coletivo de Pouso Alegre estreia filme independente neste sábado

06/06/2019

O curta metragem "Nina de Galochas Amarelas"  estreia no Sesc Pouso Alegre, em sessão única, às 19h, com entrada franca. A produção é o primeiro filme do coletivo pouso-alegrense NInA - Núcleo Independente de Audiovisual, e foi toda filmada na cidade

 

 

 

 

Polo regional fincado no interior do Brasil, Pouso Alegre cumpre o papel de metrópole para muitos jovens que deixam pequenas cidades ou zona rural próximas para tomar um rumo diferente na vida. É mais ou menos esse o pano de fundo da história da personagem principal do curta-metragem “Nina de Galochas Amarelas”, que estreia na programação do Sesc Pouso Alegre, na noite deste sábado (08), às 19h. A entrada é franca.

 

O roteiro foi escrito a quatro mãos: Ana Carolina da Silva (que também encarnou a personagem principal), Felipe Siqueira, Rafael Brandão e Will Simões; a direção é de Matheus Faria; e a trilha original é assinada por Jessé Rodrigues, com arranjos de Reginaldo Gomes e voz de Karol Rocha. 

 

A produção cinematográfica é uma ficção de pouco mais de 19 minutos e classificação livre. Toda gravada em Pouso Alegre, narra a saga da jovem Nina (Ana Carolina) que, inesperadamente, deixa a zona rural e a companhia tranquila da avó para se aventurar na cidade. Uma jornada de descobertas e transformações a aguarda em Pouso Alegre.


Na pele de Nina, Ana Carolina da Silva vive pela primeira vez o papel de atriz principal e não o fez só: quem contracena com ela no curta é sua avó da vida real, Jeni Carolina Fernandes.

 

Para seus produtores, "o filme convida o espectador a traçar um paralelo imaginário entre a plena felicidade e as mudanças de curso da vida de uma jovem no interior do Brasil". Seria, ainda segundo eles, "uma visão intimista e delicada sobre a superação de desafios, tema que provoca o público a se interessar pelo cinema", garantem.

 

Em jornada dupla como roteirista e atriz principal, Ana Carolina vislumbra a força do curta e de como gostaria de ver o cinema independente valorizado: “Ele fala de crescimento emocional e pessoal da personagem, a partir de uma mudança repentina na sua vida. Um filme de Pouso Alegre não é uma coisa muito comum e seria muito bom ver as pessoas da cidade mais interessadas pelo cinema independente a partir dele”, projeta.

 

Para o diretor Matheus Faria, que chega à sua segunda produção, o diabo mora nos detalhes, na simplicidade. É aí que os espectadores podem ser fisgados pela telona. "“Em dias como os de hoje, onde tudo é corrido e artificial, as pessoas podem ver algo simples como o Nina, um filme calmo e contemplativo a respeito das coisas da vida”, aponta o Matheus.

 

Produção colaborativa

Nina é a primeira empreitada do Coletivo NInA - Núcleo Independente de Audiovisual. Os homônimos marcam o desabrochar de uma iniciativa cultural que une estudantes e profissionais de cinema de Pouso Alegre, cuja meta no horizonte é fomentar o cinema regional.

 

Movimento que já está em curso. O coletivo já promove outros curtas, como “Sanduíche”,“Um Café Para a Morte” e “Pizza”, produções isoladas de seus integrantes. Quem quiser conferir o trabalho da turma, pode acessar o canal que o coletivo mantém no Youtube.

 

Estreia do filme “Nina de Galochas Amarelas”
Ficção | 2019 | 19’34 | Livre

Sábado, 08/06

às 19h (sessão única)

Sesc Pouso Alegre - Av. Vicente Simões, 152, centro - Pouso Alegre-MG

 

 

 

 

 

Tags:

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Vice-presidente Hamilton Mourão visita Santa Rita do Sapucaí na próxima semana

15/11/2019

Morre terceira vítima do acidente do Costinha. Criança de dois anos segue na UTI

15/11/2019

1/15
Please reload

Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas