Banners_Portal_Capitólio_750x160.jpg

MP investiga fraude que desviou R$ 13,8 milhões da prefeitura de Pouso Alegre

11/12/2019

 

Segundo as investigações, organização criminosa fraudou licitações e desviou cerca de R$ 13,8 milhões durante a gestão Perugini

 

Operação nesta  quarta-feira mobilizou promotores, policiais civis e militares 

 

Atualizado às 11h49

 

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o Ministério Público Federal (MPF)  deflagraram, na manhã desta quarta-feira, 11, a 'Operação Capina' para cumprir mandados de prisão e busca e apreensão em empresas e residências de investigados de desviar recursos públicos do município de Pouso Alegre.

Segundo as investigações, a organização criminosa praticou fraude à licitação, peculato (por meio de pagamentos feitos por serviços de locação de mão de obra não prestados) e lavagem de dinheiro. Os elementos colhidos pelo MPMG demonstraram que a organização criminosa desviou recursos públicos no montante de ao menos R$ 13.851.327,80 (treze milhões, oitocentos e cinquenta e um mil, trezentos e vinte e sete reais e oitenta centavos).

 

Prisões

Ao menos uma pessoa teria sido presa: o filho de um empresário envolvido nas fraudes. Já empresário, que também é alvo de uma dos mandados de prisão, estaria em viagem e teria até às 18h para se apresentar. As investigações mostrariam que os desvios teriam ocorrido entre 2009 e 2016. 

A atuação se deu por meio da 5ª Promotoria de Justiça de Pouso Alegre, do Grupo Especial de Defesa do Patrimônio Público (GEPP) e do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) - Núcleo Pouso Alegre -, do 1º Ofício da Procuradoria da República em Pouso Alegre, com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais, por meio do Grupo de Operação Policial (GOP) ligado ao Núcleo de Combate à Corrupção do MPMG, e a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais.

Participaram da operação quatro promotores de Justiça, um procurador da República, um delegado, cinco investigadores e um escrivão da Polícia Civil e doze policiais militares de Pouso Alegre. Detalhes da operação serão dados em uma coletiva de imprensa que está em andamento no Ministério Público.

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Centro universitário em Pouso Alegre dá bolsa de até 100% para quem tirou notão no Enem

20/01/2020

Unidade de saúde é invadida pela segunda vez no mês em Pouso Alegre

20/01/2020

1/15
Please reload

Avenida Dr. Lisboa, 334, Sala 2
CEP: 37550-110 | Pouso Alegre (MG)
Comercial: (35) 99931-8701 | (35) 3422-2653
comercialredemoinho24@gmail.com
Redação: (35) 3422-2653
redemoinho24@gmail.com
Editado por Capitólio Ass. E. R. Públicas